Guloseimas Low Fit

@guloseimaslowfit

  • 209 Posts
  • 10 200 Followers
Coach Motivacional😳😳😳😳 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL🍆🥒🥦🥗🥗🥗 PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA😎 COMO SABER SE É FOME? OU APENAS VONTADE? Watsap (11)95141-1191🥦🥦🥦
Planejamento!
Sim na nossa mentoria ensinamos nossas alunas a ter planejamento no dia a dia fazer se preciso for alimentação pra semana toda para não ter as famosas DESCULPAS.

 #alimentacaoforte  #saudavel  #saude

Planejamento! Sim na nossa mentoria ensinamos nossas alunas a ter planejamento no dia a dia fazer se preciso for alimentação pra semana toda para não ter as famosas DESCULPAS. #alimentacaoforte #saudavel #saude

1
0
6 days ago
Aquela marmitinha de docinhos pra comer sem culpa???
Aqui tem sim Senhor.

100% CETOGÊNICO.

 #doce  #loucaspordoce  #amendoin

Aquela marmitinha de docinhos pra comer sem culpa??? Aqui tem sim Senhor. 100% CETOGÊNICO. #doce #loucaspordoce #amendoin

16
1
7 days ago
Aquela dieta que o cunhado atrapalha kkkkkk

Aquela dieta que o cunhado atrapalha kkkkkk

23
2
7 days ago
Estudo de Harvard mostra que adoçante não emagrece nem melhora a saúde

Usar ou não adoçante? 

Uma nova pesquisa realizada por cientistas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e publicada no periódico BMJ analisou mais de 50 estudos sobre adoçantes e revelou que esses produtos na verdade não ajudam a emagrecer e não trazem benefícios da saúde.

A equipe de pesquisadores investigou uma série de parâmetros, incluindo saúde bucal, doenças renais e cardiovasculares, câncer, níveis de açúcar no sangue, comportamento, humor, peso e índice de massa corporal (IMC) em adultos e crianças que consumiam ou não adoçantes.

VEJA TAMBÉM

Xilitol, agave, mel, açúcar refinado: veja os prós e contras dos adoçantes

Usar adoçante estévia talvez não seja tão saudável assim

Menos calórico que açúcar e com poder similar de adoçar: conheça o xilitol

A conclusão é que não há diferenças significativas entre pessoas que consumiram adoçantes sem açúcar e aqueles que não consumiram, tanto em benefícios quanto em malefícios. Há uma crescente preocupação na comunidade médica de que os adoçantes poderiam causar malefícios como o surgimento de cáries, e pré-diabetes.

Porém, os cientistas destacam que os adoçantes precisam ser analisados com mais profundidade. "Estudos de longo prazo são necessários para avaliar os efeitos sobre o sobrepeso e a obesidade, o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e doenças renais", escrevem os autores.

 #adoçantes
 #açúcar  #natural  #fitness

Estudo de Harvard mostra que adoçante não emagrece nem melhora a saúde Usar ou não adoçante? Uma nova pesquisa realizada por cientistas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e publicada no periódico BMJ analisou mais de 50 estudos sobre adoçantes e revelou que esses produtos na verdade não ajudam a emagrecer e não trazem benefícios da saúde. A equipe de pesquisadores investigou uma série de parâmetros, incluindo saúde bucal, doenças renais e cardiovasculares, câncer, níveis de açúcar no sangue, comportamento, humor, peso e índice de massa corporal (IMC) em adultos e crianças que consumiam ou não adoçantes. VEJA TAMBÉM Xilitol, agave, mel, açúcar refinado: veja os prós e contras dos adoçantes Usar adoçante estévia talvez não seja tão saudável assim Menos calórico que açúcar e com poder similar de adoçar: conheça o xilitol A conclusão é que não há diferenças significativas entre pessoas que consumiram adoçantes sem açúcar e aqueles que não consumiram, tanto em benefícios quanto em malefícios. Há uma crescente preocupação na comunidade médica de que os adoçantes poderiam causar malefícios como o surgimento de cáries, e pré-diabetes. Porém, os cientistas destacam que os adoçantes precisam ser analisados com mais profundidade. "Estudos de longo prazo são necessários para avaliar os efeitos sobre o sobrepeso e a obesidade, o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e doenças renais", escrevem os autores. #adoçantes #açúcar #natural #fitness

5
0
10 days ago
Que o limite dos meus sonhos seja a fé.
Que o desânimo seja vencido pela força de vontade.
Que o bem que mora em mim seja mais forte do que a maldade dos que me cercam.
Que o meu foco seja a felicidade.
Que não me falte motivos para agradecer.
E que eu tenha paciência para esperar as grandes coisas que Deus tem preparado para mim.

 #antesedepois  #emagrecimento

Que o limite dos meus sonhos seja a fé. Que o desânimo seja vencido pela força de vontade. Que o bem que mora em mim seja mais forte do que a maldade dos que me cercam. Que o meu foco seja a felicidade. Que não me falte motivos para agradecer. E que eu tenha paciência para esperar as grandes coisas que Deus tem preparado para mim. #antesedepois #emagrecimento

98
8
10 days ago
Dia de exercícios 🤩💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕

 #exercise  #praiaexercicio  #praiana  #praiajampa

Dia de exercícios 🤩💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕💕 #Exercise #praiaexercicio #praiana #praiajampa

31
2
13 days ago
Meu chocolate 🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫
85% CACAU.

Magníficamente gostoso.

 #chocolatequente  #chocolate  #vidasaudavel  #vidafocadaemjesus  #barradechocolate

Meu chocolate 🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫🍫 85% CACAU. Magníficamente gostoso. #chocolatequente #chocolate #vidasaudavel #vidafocadaemjesus #barradechocolate

14
0
15 days ago
Índice glicêmico: como saber se um alimento tem baixo IG?

Aprenda como reconhecer alimentos com baixo índice glicêmico e usar essa medida a seu favor

O que é índice glicêmico?

Índice glicêmico mede o tempo que o carboidrato de um alimento demora para ser absorvido pelo intestino. Quanto mais rápida essa absorção, maior a capacidade desse alimento de gerar picos de insulina no organismo.

A insulina é o hormônio que coloca a glicose (produto dos carboidratos) para dentro das células, onde elas participam dos processos de produção de energia. No entanto, quando esse hormônio está em quantidades muito altas no corpo, pode causar problemas como:

Depósito de gordura abdominal: afinal a glicose que não é utilizada pelas células imediatamente será armazenada como depósito de energia, ou seja, como tecido adiposo
Pré-diabetes: quanto mais insulina o corpo produz, mais os órgãos começam a se tornar resistentes a ela, ou seja, solicitam que mais desse hormônio seja utilizado para colocar a glicose dentro de suas células. Esse quadro se chama resistência à insulina, e conforme vai se agravando, resulta na diabetes tipo 2, quanto o hormônio produzido pelo corpo não é suficiente mais para absorver todo o açúcar no sangue.

Portanto, alimentos de baixo índice glicêmico podem ser interessantes tanto para quem tem diabetes ou pré-diabetes, quanto para quem busca emagrecimento.

Medidas do índice glicêmico

O índice glicêmico de um alimento é medido em comparação com algum alimento, normalmente o pão. O cálculo é feito em laboratório: os cientistas dão um pão a um paciente e observam quanto tempo ele demora para absorver esses carboidratos. A partir dessa medida padrão, o tempo de absorção de outros alimentos é medido e sua gradação é dada conforme a referência do pão.

O índice glicêmico pode ser classificado como baixo, médio e alto. Essa medida pode aparecer na tabela com números. Normalmente eles indicam:

IG baixo: menor do que 50
IG médio: entre 50 e 70
IG alto: acima de 70

Quanto maior o índice glicêmico de um alimento, em menor quantidade ele deve ser consumido, justamente para evitar picos de insulina.

Índice glicêmico: como saber se um alimento tem baixo IG? Aprenda como reconhecer alimentos com baixo índice glicêmico e usar essa medida a seu favor O que é índice glicêmico? Índice glicêmico mede o tempo que o carboidrato de um alimento demora para ser absorvido pelo intestino. Quanto mais rápida essa absorção, maior a capacidade desse alimento de gerar picos de insulina no organismo. A insulina é o hormônio que coloca a glicose (produto dos carboidratos) para dentro das células, onde elas participam dos processos de produção de energia. No entanto, quando esse hormônio está em quantidades muito altas no corpo, pode causar problemas como: Depósito de gordura abdominal: afinal a glicose que não é utilizada pelas células imediatamente será armazenada como depósito de energia, ou seja, como tecido adiposo Pré-diabetes: quanto mais insulina o corpo produz, mais os órgãos começam a se tornar resistentes a ela, ou seja, solicitam que mais desse hormônio seja utilizado para colocar a glicose dentro de suas células. Esse quadro se chama resistência à insulina, e conforme vai se agravando, resulta na diabetes tipo 2, quanto o hormônio produzido pelo corpo não é suficiente mais para absorver todo o açúcar no sangue. Portanto, alimentos de baixo índice glicêmico podem ser interessantes tanto para quem tem diabetes ou pré-diabetes, quanto para quem busca emagrecimento. Medidas do índice glicêmico O índice glicêmico de um alimento é medido em comparação com algum alimento, normalmente o pão. O cálculo é feito em laboratório: os cientistas dão um pão a um paciente e observam quanto tempo ele demora para absorver esses carboidratos. A partir dessa medida padrão, o tempo de absorção de outros alimentos é medido e sua gradação é dada conforme a referência do pão. O índice glicêmico pode ser classificado como baixo, médio e alto. Essa medida pode aparecer na tabela com números. Normalmente eles indicam: IG baixo: menor do que 50 IG médio: entre 50 e 70 IG alto: acima de 70 Quanto maior o índice glicêmico de um alimento, em menor quantidade ele deve ser consumido, justamente para evitar picos de insulina.

11
0
17 days ago
Uma pessoa determinada? 
Olha que um homem para tomar chá ,deixar de consumir açúcar é dificilimo mais ele teve focooooo muitoo focooooo 

Parabéns meu amigo você está perfeitooooo simbora para os gominhos🥰🥰🥰🥰

 #exercise  #motivação  #motivation  #emagrecimento  #marombafitness  #maromba  #academia

Uma pessoa determinada? Olha que um homem para tomar chá ,deixar de consumir açúcar é dificilimo mais ele teve focooooo muitoo focooooo Parabéns meu amigo você está perfeitooooo simbora para os gominhos🥰🥰🥰🥰 #Exercise #motivação #motivation #emagrecimento #marombafitness #maromba #academia

15
2
18 days ago
excelente para café da manhã

excelente para café da manhã

41
8
18 days ago
Em primeiro lugar, devemos discutir qual banana: existem muitas variedades diferentes de banana com frutas que variam de 40 a 300 gramas de peso. Uma banana Cavendish média pesa cerca de 180 gramas com casca, e a casca tem cerca de um quarto desse peso. A carne é, portanto, cerca de 135 gramas (obviamente isso pode variar). Uma colher de sopa de açúcar equivale a 12,5 gramas, então 6 colheres de sopa equivalem a 75 gramas: mais da metade do peso total da banana. Isso não é muito crível, não em segundo lugar, porque a frutose (o açúcar da fruta) é duas vezes mais doce (não duas vezes mais calórico) do que o açúcar comum: comer uma banana seria uma experiência insuportavelmente doce.

100 gramas de polpa de banana têm cerca de 90 calorias. Um grama de carboidratos tem 4 calorias, então 100 gramas de banana têm cerca de 22,5 gramas de carboidratos totais, alguns dos quais são amidos e alguns são açúcar. Uma banana inteira contém cerca de 30 gramas de carboidratos, amidos e açúcar, que são cerca de 2 colheres e meia de sopa, uma parte de açúcar e outra de amido. Além disso, a banana tem uma pequena quantidade de gorduras e proteínas, algumas vitaminas e minerais (eles não são as frutas mais vitamínicas que existem, mas têm uma quantidade decente de vitamina B-6) e 4-5 gramas de fibras, que desaceleram a absorção de açúcar.

 #frutose  #frutas  #dietasaudável

Em primeiro lugar, devemos discutir qual banana: existem muitas variedades diferentes de banana com frutas que variam de 40 a 300 gramas de peso. Uma banana Cavendish média pesa cerca de 180 gramas com casca, e a casca tem cerca de um quarto desse peso. A carne é, portanto, cerca de 135 gramas (obviamente isso pode variar). Uma colher de sopa de açúcar equivale a 12,5 gramas, então 6 colheres de sopa equivalem a 75 gramas: mais da metade do peso total da banana. Isso não é muito crível, não em segundo lugar, porque a frutose (o açúcar da fruta) é duas vezes mais doce (não duas vezes mais calórico) do que o açúcar comum: comer uma banana seria uma experiência insuportavelmente doce. 100 gramas de polpa de banana têm cerca de 90 calorias. Um grama de carboidratos tem 4 calorias, então 100 gramas de banana têm cerca de 22,5 gramas de carboidratos totais, alguns dos quais são amidos e alguns são açúcar. Uma banana inteira contém cerca de 30 gramas de carboidratos, amidos e açúcar, que são cerca de 2 colheres e meia de sopa, uma parte de açúcar e outra de amido. Além disso, a banana tem uma pequena quantidade de gorduras e proteínas, algumas vitaminas e minerais (eles não são as frutas mais vitamínicas que existem, mas têm uma quantidade decente de vitamina B-6) e 4-5 gramas de fibras, que desaceleram a absorção de açúcar. #frutose #frutas #dietasaudável

10
1
19 days ago